O que é MICROPIGMENTAÇÃO?

Psicologia, química, colorimetria, cosmetologia, estética. Ciências e técnicas interligadas são as mais modernas aliadas da mulher atual, que deseja se apresentar bonita e expressiva em qualquer momento do seu dia.


Tenha 20, 30, 40, 50 ou até 90 anos... esse é o público alvo da micropigmentação.

O desejo de todas é o mesmo. Disfarçar imperfeições, realçar os traços mais marcantes do rosto feminino, dando um toque especial ao visual.

A MICROPIGMENTAÇÃO mais conhecida como maquiagem definitiva ou maquiagem permanente é um procedimento estético que valoriza os traços da face e dá mais expressão ao rosto.

A maquiagem definitiva tem ganhado força entre as opções de tratamentos estéticos existentes no mercado, principalmente devido à falta de tempo decorrente de um dia-a-dia cada vez mais atribulado, além da crescente preocupação com a beleza e aparência.

Olhos delineados, bocas expressivas e sobrancelhas bem desenhadas e definidas são as características mais marcantes no rosto feminino e que traduz a marca registrada da jovialidade, e através da micropigmentação, devolvemos à mulher madura esse aspecto jovial que ela perde no decorrer dos anos.

Naturalmente a boca perde seu contorno, se tornando esbranquiçada e inexpressiva. Os olhos parecem mais fechados e miúdos. E as sobrancelhas, com raros pêlos, perdem seu desenho ou inexistem.

O recurso de micropigmentação é hoje um grande aliado às cirurgias plásticas ou procedimentos médicos que visam o rejuvenescimento, pois a dermopigmentação, como também é usualmente chamada no meio médico, se divide em paramédica, corrigindo e amenizando o desconforto dos efeitos estéticos de falhas em couro cabeludo, camuflando marcas de vitiligo, quando estático e acabamento em aréolas, decorrentes de cirurgia de mama.

Na realidade, a micropigmentação vai além do efeito estético e da praticidade no dia a dia das mulheres... Em muitos casos ela resgata a feminilidade e a auto-estima.

Com o passar do tempo os pigmentos foram desenvolvidos exclusivamente para a pigmentação, quando antes era usado o pigmento de tattoo.

Atualmente contamos com trabalhos de extrema naturalidade, graças aos pigmentos próprios para este fim.

O uso de material de qualidade (pigmentos, dermógrafo, agulha), associado aos dotes técnicos e bom senso estético do profissional, são condições relevantes ao sucesso do trabalho.